Biografia

Tudo começou com Adam Levine, Jesse Carmichael e Mickey Madden na época do colegial, em Los Angeles. Os jovens tinham 17 anos e um gosto em comum: a música. E com essa formação iniciaram a banda chamada Kara’s Flowers juntamente com Ryan Dusick.
Um ano após o seu primeiro show, em 1995, o grupo começou a ser muito procurado pela indústria fonográfica.  E em 1997, gravaram o primeiro álbum – “The Fourth World” (Reprise Records) – com o produtor Rob Cavallo (Green day, Goo Goo Dolls). Após uma temporada fracassada com o seu primeiro cd, o Kara’s Flowers deixa a gravadora em 1999.

m5-bio-karasflowers

Sem sucesso o grupo se dividiu, e enquanto  Ryan e Mickey ficaram em L.A para estudar na UCLA, Jesse e Adam foram pra Universidade de NY, onde Beatles, Bob Dylan e outras influências na qual haviam crescido “deram lugar” a uma mudança direcionada ao R&B e o hip-hop. Como disse Adam:

“O disco da Aaliyah tinha sido lançado nessa época, e nós ficamos impressionados. Quando eu penso em compositores, penso nos Beatles, Bob Dylan, Simon & Garfunkel – as coisas que cresci ouvindo – mas então pensei: Eu quero fazer isso. Stevie Wonder entrou na minha vida nesse momento” ,  Levine diz, ” e achei um jeito de fazer.”

Reunindo-se novamente em 2001, e com a chegada de James Valentine, o grupo que agora tinha cinco membros, mudou seu nome para Maroon 5.  A banda não tinha apenas mudado de nome, mas também o estilo de fazer música.
Com o Maroon 5 formado por Adam Levine ( vocal e guitarra ), Jesse Carmichael ( teclados ), Mickey Madden ( baixo ), Ryan Dusick ( bateria ) e James Valentine ( guitarra ), o grupo assina  contrato com a Octone , em 2001, entrando em estúdio com o produtor Wallace Matt (The Replacements, Faith no More).

E em 2002 lançam o premiado debut álbum “Songs About Jane” (certificado disco de platina).  Com sua primeira turnê mundial intitulada “ Songs About Jane Tour “, o Maroon 5 iniciou sua carreira de sucesso. Em 2004 a banda passou rapidamente pelo Brasil para fazer um show fechado e participar de um programa de TV.

“Queríamos músicas com significado. Antes, achávamos que era uma estupidez ser sincero e emocionar. Depois vi que sabia articular as minhas ideias e fazer as pessoas se relacionarem com elas. Essa é a grande mudança entre o Kara´s Flowers e o Maroon 5”, explica Adam Levine.

m5-bio-songsaboutjane

Em 2004 lançaram “1.22.03 Acoustic” (acústico) e o DVD ao vivo “Live the Friday the 13th” em 2005.
Um ano após (2006), Ryan Dusick, então baterista da banda desde o Kara’s Flowers, deixou  o grupo devido a ferimentos no braço, sendo oficialmente substituído por Matt Flynn, que já substituia Dusick em alguns shows da turnê do primeiro álbum.

Após quatro anos longe dos shows, em maio de 2007, o quinteto lançou seu novo álbum “It Won’t Be Soon before Long” (A&M/Octone), dirigido por Mike Elizondo (Fiona Apple, Eminem) e com produções de Mark “Spike” Stent (Gwen Stefani, Marilyn Manson), Mark Endert (Madonna, Fiona Apple) e Eric Valentine (Queens of Stone Age).
O álbum tem influências de ícones dos anos 80 como Prince, Michael Jackson e Talking Heads e reflete também as contribuições do novo baterista Matt Flynn , cujos os sopros determinados terminam o som na evolução contínua de Levine, do guitarrista James, do baixista Mickey e do tecladista Jesse. Ele estreou em 1° lugar na lista da Billboard e vendeu mais de 1 milhão de cópias nos Estados Unidos, ganhando assim o Disco de Platina.

m5-bio-itwontbesoon

Na turnê mundial do disco, chamada de “ It Won’t Be Soon Before Long Tour”, o Maroon 5 volta novamente as terras brasileiras em Outubro de 2008 para shows no Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.

Logo após o termino da turnê, em 2008, a banda se reuniu para criação de um novo álbum. Com a produção do lendário Robert John “Mutt” Lange, em Julho de 2009 o Maroon 5 viajou para Vevey na Suíça, onde passou vários meses recluso no estúdio de Lange compondo e produzindo as novas faixas. O novo trabalho se chama “ Hands All Over “(A&M/Octone), é um álbum eclético, que passeia pelo pop que consagrou a banda, com batidas rock e até pitadas de country music, na qual a banda traz uma parceria com o trio de Nashville Lady Antebellum. Durante a turnê de divulgação do álbum, o Maroon 5 aproveitou para apresentar mais um integrante: o músico PJ Morton, que acompanharia a banda nos shows, que passaram pelos Estados Unidos e Europa.

m5-bio-handsallover

Em 2011, o Maroon 5 voltou a ser destaque na imprensa quando o vocalista Adam Levine foi anunciado como um dos 4 mentores do programa de calouros The Voice, da NBC, ao lado de CeeLo, Blake Shelton e Christina Aguilera, com quem o Maroon 5 lançou, no dia 21 de Junho, o single Moves Like Jagger, que dominou as paradas americanas e se tornou o segundo #1 single do Maroon 5 na Billboard Americana por 4 semanas.

Em Agosto, o Maroon 5 foi anunciado de última hora como uma das atrações da quarta edição do Rock In Rio, após a desistência da participação do rapper Jay-Z do line up. No dia 1 de Outubro, o Maroon 5 subiu no palco e conquistou as mais de 100 mil pessoas que lotaram a Cidade do Rock, no Rio de Janeiro, com o que foi considerado pela crítica como um dos melhores shows do festival.

Em fevereiro de 2012, logo após o Super Bowl, Adam Levine retomou o seu posto de mentor para mais uma temporada do programa The Voice. Além disso, o Maroon 5 foi escalado, junto com a banda Foster The People, para participar da grande performance de reunião dos Beach Boys, no palco do Grammy Awards 2012 onde interpretaram a canção “Surfer Girl”.

Poucas semanas depois, em uma nota oficial, o tecladista Jesse Carmichael declarou que entraria em hiato da banda para poder dedicar-se aos estudos. “[…] Nosso tecladista Jesse Carmichael, irá tirar uma folga temporária da banda para seguir seus estudos em tempo integral sobre música e artes da cura”, dizia a declaração. Enquanto isso, ele foi temporariamente substituido por PJ Morton.

m5-bio-overexposed

Sem Jesse, no dia 23 de Março o Maroon 5 anunciou o quarto álbum de estúdio, “Overexposed”, produzido pelo sueco Max Martin (Katy Perry, Britney Spears, Pink), Benny Blanco e Shellback (Leona Lewis, Britney Spears, Robyn). O primeiro single do álbum “Payphone”, parceria com o rapper Wiz Khalifa, foi lançado em abril, com uma performance ao vivo no palco do The Voice.

O segundo single do álbum, “One More Night”, estreou no dia 19 de Junho e se tornou um dos maiores sucessos da carreira da banda, chegando a ficar em 1º lugar na Hot 100 da Billboard por 9 semanas consecutivas.

No dia 26 de Junho o “Overexposed” chegou às prateleiras, conquistando a 2ª posição na parada Billboard 200, a mais importante dos Estados Unidos, com 222 mil álbuns vendidos na semana de estréia.

Em seguida, o Maroon 5 anunciou uma nova turnê mundial de divulgação do disco, que começaria pela América Latina em Agosto e incluia 3 apresentações no Brasil, em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. Os ingressos brasileiros se esgotaram em apenas 3 dias após a abertura das vendas.

Em Julho, Adam Levine participou das gravações do filme “Can A Song Save Your Life?”, dirigido por John Carney, onde contracena com Keira Knightley, Mark Ruffalo, Hailee Steinfeld e Cee Lo Green. No longa, Levine interpreta Jack, namorado de Greta (Knightley), que se muda com ela para Nova York em busca de uma carreira musical. Porém a abandona assim que consegue um contrato solo. A estréia ficou marcada apenas para 2013.

m5-bio-m5br2012

Com produção da Seven Entretenimento e XYZ Live, a passagem da Overexposed World Tour no Brasil em Agosto consagrou a banda no país e também marcou a banda, com o show de São Paulo sendo considerado o maior público da carreira da banda, com 35 mil fãs lotando a Arena Anhembi.

No mês seguinte, Adam Levine estava de volta aos Estados Unidos para participar da terceira temporada do The Voice.

Em Outubro, Adam Levine fez sua estréia como ator na segunda temporada da série “American Horror Story”, batizada “Asylum”, onde interpretou Leo, um turista que fazia um passeio de lua de mel com a esposa Teresa (Jenna Dewan-Tatum) na instituição mental Briarcliff, onde se passa a história.

No terceiro single do Overexposed, “Daylight”, o Maroon 5 decidiu fazer algo diferente e quis fazer uma homenagem aos fãs, lançando o “Daylight Project”, que consistia em reunir diversos vídeos enviados pelos fãs para serem transformados no videoclipe da canção, que foi dirigido por Jonas Akerlund e lançado no dia 11 de Dezembro.

Como quarto e último single do Overexposed, Love Somebody ganhou performance no The Voice no dia 20 de maio de 2013, e no dia seguinte foi lançado seu clipe, com direção de Rich Lee, baseado em jogadas de tinta que revelavam Adam com a modelo, e a banda tocando ao longo do vídeo.

Em Abril foi anunciado que o Maroon 5 faria uma turnê de verão com a Honda Civic Tour 2013. Juntamente com eles, Kelly Clarkson, Rozzi Crane, Tony Lucca e PJ Morton. Em 2005, a banda foi escolhida como headliner dos shows, ainda no auge do Songs About Jane. Os shows resultaram no DVD Live Friday the 13th.

maroon5_honda_civic_tour

Além disso, a 5ª temporada do The Voice foi confirmada, desta vez com a volta de Christina Aguilera e Cee Lo Green, tendo estreia no dia 23 de setembro, pela NBC.

Ainda em 2013, Adam Levine em parceria com seu amigo de infância, o escritor e produtor Gene Hong, criaram e venderam uma série autobiográfica de comédia para a NBC. Adam será co-produtor e o projeto será baseado na vida e na amizade dos dois, que eram companheiros de quarto antes da fama. Neste mesmo ano, Adam Levine pediu a mão de sua então namorada, Behati Prinsloo, em casamento.

Também em abril, a banda anunciou que já começava a trabalhar em seu 5º álbum, onde Adam e James disseram que já nessa época possuíam músicas prontas para o então álbum que se chamaria ‘V’. No fim do mês, o vídeo de ‘Payphone’ atingiu o recorde de 100 milhões de visualizações, se tornando a primeira música a ganhar o Vevo Certified duas vezes!

Já em maio, a história da banda foi marcada de acontecimentos. A começar pela incrível homenagem para Adam Levine feita pela BMI ao receber o prêmio de honra durante a 61a. edição do Pop Awards, premiação anual organizada pela BMI para premiar os maiores compositores pop do ano anterior. O troféu, entitulado President’s Award, premiou as grandes conquistas de Levine em suas composições e seu impacto na cultura pop global e na indústria do entretenimento. Além disso, a estreia do clipe de ‘Love Somebody’ também marcou o mês. Dirigido por Rich Lee, o clipe trouxe a banda sendo coberta de tinta azul. A estreia aconteceu no palco do The Voice, com direito a uma performance inspirada no material.

Para encerrar o ano, Adam Levine foi coroado pela revista americana People como o ‘Sexiest Man Alive’. “Como músico, você sonha que vai ganhar o Grammy, mas eu não achava que isso seria uma possibilidade. Eu estava apenas maravilhado e assustado e quase pareceu que estavam de brincadeira, mas nnao estavam, então isso é legal, “ comentou na época.

m5-bio-adam-sexiestmanalive

Abrindo 2014 com chave de ouro, o Maroon 5 foi convidado para tocar em uma homenagem aos Beatles. O evento, promovido pelo GRAMMYs, comemorou os 50 anos da primeira apresentação do grupo em solo americano, contou com vários artistas na cerimônia. A apresentação ficou por conta de Johnny Depp, Sean Penn e Tom Hanks. No palco, o Maroon 5 cantou ‘All My Loving’ e ‘Ticket To Ride’, e vários outros famosos cantaram os maiores sucessos do grupo homenageado.

Em março, o vocalista Adam Levine voltou para as cadeiras giratórias da sexta temporada do The Voice, que trouxe novamente as participações de Shakira e Usher no painel de jurados, além de Blake Shelton.

m5-bio-v

Após o final do The Voice, foi a vez do Maroon 5 voltar à ativa e anunciar “Maps”, a primeira música de trabalho do quinto álbum da banda, “V”, que foi lançado em Setembro e repetiu a parceria da banda com o time de produtores que fez sucesso no álbum anterior, com direção executiva do produtor Max Martin. Entre as novas canções, o Maroon 5 apresentou uma parceria com Gwen Stefani na faixa “My Heart Is Open” e um cover de “Sex And Candy”, de Marcy Playground. Entre os destaques do álbum estão “It Was Always You”, faixa escolhida como single promocional do disco e “Animals”, música que ganhou um videoclipe polêmico estrelado por Adam e Behati. No vídeo, dirigido por Samuel Bayer, Levine interpreta um açougueiro stalker que tem fantasias sangrentas e sexuais com a personagem de Behati.

Para marcar o início da divulgação, a banda se apresentou pela primeira vez no palco do Video Music Awards, em um palco externo montado em parceria com a Kia. Na performance, a banda tocou 3 canções: “One More Night”, “Animals” e “Maps”, mas apenas a última foi exibida durante a premiação.

2014 também foi um bom ano para a vida pessoal de Adam Levine, que trocou alianças com Behati Prinsloo em uma cerimônia discreta (e sem a presença de paparazzis) em Los Cabos. Jonah Hill, melhor amigo do cantor, foi quem oficializou a união.

Também na primeira metade de 2014, chegou aos cinemas mundiais o aguardado longa metragem “Begin Again”, cuja performance de Adam como ator rendeu excelentes críticas.

Ainda em 2014, Adam Levine entrou em um novo segmento: o da moda. O cantor anunciou uma parceria com a Kmart e o site ShopYourWay para lançar a sua própria linha de roupas, entitulada “Adam Levine Collection” e que acabou se tornando uma das linhas de roupas mais bem sucedidas das marcas.

O Maroon 5 performou na mesma época o segundo single do ‘V’, “Animals”, no palco do The Voice. A performance marcou a fase de live shows no programa. “Animals” atinge o topo do Pop Charts e consagra a música como uma das mais bem-sucedidas da banda! Já no final de 2014 a banda participou do “A Very Grammy Christmas”, promovido pelo GRAMMY.

A gravação do clipe de “Sugar” aconteceu em dezembro de 2014 sob a supervisão do diretor David Dobkin. Inspirados pelo filme “Wedding Crashers”, a banda “invadiu” alguns casamentos que aconteciam em Los Angeles e surpreendeu os noivos com uma apresentação de “Sugar”. Como agradecimento após as gravações, Adam e James fizeram apresentações acústicas de “She Will Be Loved”. Após o lançamento do clipe, a banda esteve envolvida em uma nova polêmica de que os casamentos não eram verdadeiros. Em entrevista, o diretor comentou que alguns casamentos foram “montados”, para que os editores do clipe tivessem mais material para a pós-produção. O clipe acabou se tornando um dos mais famosos da banda.